Blog

Estratégias de leitura de textos em inglês

Para muitos que estão se preparando para uma prova, seja ela de vestibular ou do PAS (Processo de Avaliação Seriada/UEM), a Língua Estrangeira muitas vezes pode se tornar um grande enigma. Você deve lembrar-se que um texto traz uma infinidade de palavras transparentes, palavras essas que são parecidíssimas com a língua portuguesa (cerca de 65% das palavras de um texto são consideradas transparentes), então se apegue a isso. Fique atento, não despreze seu conhecimento prévio de determinado assunto e confie em seus instintos também.

Sendo assim, se fizermos uso de algumas estratégias, que aqui chamaremos de Estratégias de Leitura, a compreensão do texto pode se tornar algo totalmente possível e atingível. Algumas dessas estratégias são:

Leitura X Exercícios ou Exercícios X Leitura? – Aconselhamos os alunos a sempre fazerem uma primeira leitura dos exercícios antes da leitura do texto. Uma vez que seu cérebro sabe que informação ele quer, este focará sua atenção nas informações chave do texto.

Conhecimento de mundo – Jamais despreze toda e qualquer informação que você já tenha sobre o assunto a ser tratado no texto. O seu conhecimento de mundo sobre o assunto pode lhe auxiliar e muito na compreensão do assunto.

Informação não-verbal – ilustrações, gráficos, tabelas, negrito, sublinhado, itálico – Não despreze também informações como ilustrações, gráficos, etc. Se foram colocadas no texto estas tem um propósito de ser, de estar lá.

Análise do Título – Em sua grande maioria os alunos desprezam o título do texto, se esquecendo que às vezes as informações que necessitam podem estar lá.

Palavras Cognatas/transparentes – Lembre-se que muitas palavras da Língua Inglesa estão totalmente associadas à Língua Portuguesa e são quase que 100% iguais, exemplo: “supermarket”, “banana”. Então faça uso desse recurso, confie em seus instintos.

Falsos Cognatos – Fique de antenas ligadas para os falsos cognatos, eles podem te enganar facilmente. Atenção para os mais famosos como “parents”, “pretend”, etc.

Reconhecimento de palavras – Quando o aluno sabe identificar dentro de um contexto a classificação das palavras tudo fica muito mais fácil. Sendo assim preste atenção nas palavras e descubra qual a função das mesmas dentro do texto, substantivo?, adjetivo?, verbo?, artigo?, prefixo?, sufixo?, etc.

Lembre-se também que o fato de você saber Inglês fluentemente não o levará ao sucesso. Toda prova é uma prova técnica. Significa que você precisa conhecer estruturas e nomes dessas estruturas, pois somente assim a parte gramatical estará garantida juntamente com a interpretação e conhecimento do vocabulário.

Boa sorte e sucesso a todos!!

Prof. Alessandro Fagan

A melhor maneira de estudar

O que as pesquisas já concluíram sobre a melhor maneira de estudar:

Ambiente
Procure:
Silêncio, espaço, luz e rotina
Evite:
Música alta, excesso de conforto e acesso a e-mail, redes sociais etc.

Horário
Procure:
O momento do dia em que seu cérebro fica mais alerta e propenso a desafios. Isso varia muito de uma pessoa para outra.
Evite:
Estudar em véspera de prova e de madrugada. Todo mundo precisa de tempo e descanso para absorver conhecimento.

Aula
Procure:
Ler em casa sobre a lição do dia seguinte e levantar perguntas.
A preparação potencializa o aprendizado
Evite:
Anotar como um taquígrafo tudo o que o professor diz. Peneire as ideias e exercite a síntese.

Método
Procure:
Organizar uma lista de tarefas e encarar primeiro as mais importantes e complexas, com a cabeça ainda fresca.
Evite:
Insistir em uma matéria quando está com a mente saturada. Prefira três sessões de estudo sobre o mesmo assunto a uma maratona de horas seguidas.

Resultado
Procure:
Entusiasmo, persistência e esforço – o tripé dos alunos note 10
Evite:
Acreditar que talento basta. Muita gente brilhante fica para trás por causa disso.

Fonte: Revista Veja